António Oliveira e Filipe Carvalho, que participaram com um Peugeot 205 GTI 2.0, foram os vigésimos a partir, e Tiago Caetano (natural de Alvarenga-Arouca) e Pedro Dias da Silva, em um Citroen Saxo, foram os sextos, na prova que arrancou no passado dia 2 de outubro naquela que era a penúltima jornada do Campeonato Start Norte-Rali de Famalicão 2022. A lista de participantes era constituída por mais de 80 concorrentes.

Depois da desistência no Rali de Montelongo e a consequente falta de comparência no Rali de Mesão Frio, Tiago Caetano / Pedro Dias da Silva, disputaram uma prova muito segura e cautelosa, onde os objetivos eram apenas somar pontos, estancar a descida na classificação do campeonato, e acima de tudo garantir que todas as dificuldades no carro estavam finalmente sanadas. Tudo isto num rali com classificativas muito rápidas e, por isso, pouco propicias para o carro, conseguiram atingir com sucesso os objetivos. Colocaram o Citroen Saxo no 16º Lugar na classificação geral e o 5º lugar do seu grupo X1.

Quanto a António Oliveira / Filipe Carvalho, esta foi mais uma prova de habituação ao renovado Peugeot 205, que ainda revela algumas arestas por limar, dado que sentiram problemas na caixa de velocidades ao longo de todo o Rali. Ainda assim, a dupla conseguiu atingir um resultado positivo entre uma lista de concorrentes vasta e muito competitiva, alcançando a 27ª posição entre os 80 adversários do campeonato e o 11º lugar no grupo X2.

Nas contas do campeonato, que segue agora para a última etapa nos dias 4 e 5 de novembro em Vila Nova de Cerveira, Tiago Caetano / Pedro Dias da Silva mantêm a posição em que arrancaram para este rali: 6º lugar à geral e 2º lugar do grupo.

António Oliveira / Filipe Carvalho descem para a 19º posição à geral e ocupam agora o 4º lugar entre os concorrentes do mesmo grupo.