O Município de Arouca em comunicado ao DD, e aos arouquenses, revelou que foi obrigado a chamar a GNR ao Estádio Municipal, que é sua propriedade, para cortar os cadeados que impediam o acesso ao parque de estacionamento desta infraestrutura municipal, e que vai ser usado como parque de estacionamento da Feira das Colheitas.

Tal como consta no comunicado enviado à imprensa, alegadamente os dirigentes do FC Arouca concretizaram deste modo uma ameaça já haviam feito, de impedir a utilização deste espaço, caso o Município não levasse a cabo um conjunto de obras alegadamente reivindicadas pela instituição desportiva. Mais informa a Câmara que a realização destas obras é “sua exclusiva responsabilidade conforme estipulado no contrato de cedência de utilização de infraestruturas desportivas – Estádio Municipal de Arouca celebrado entre o Município de Arouca e o Futebol Clube de Arouca – Futebol SDUQ (cf. Cláusula 6.ª).”

O comunicado ainda mostra que os dirigentes do FC Arouca foram informados a 10 de agosto da intenção do Município de utilizar o estádio no âmbito da Feira das Colheitas, para fins de parque de estacionamento e envolvente, e estes se mostraram desde logo alegadamente indisponíveis para “cumprir o estipulado no contrato atrás referido”.

“O Município expressa assim o veemente repúdio pela atitude dos dirigentes do Futebol Clube de Arouca, que em nada dignifica e honra o grande Clube que o Arouca FC é e cujas insígnias estes mesmos dirigentes deveriam ser os principais guardiães”, finalizaram.

Tal como a câmara referiu no referido comunicado o contrato de cedência do Estádio Municipal estabelece que o Futebol Clube de Arouca está obrigado a “apoiar na organização de eventos da iniciativa do Município, (al. f) da Cláusula 6.ª)” e que a autarquia “tem o direito, enquanto proprietária do equipamento, de utilizar o Estádio Municipal para a realização de eventos desportivos, culturais ou lúdicos promovidos por si ou com a sua colaboração, desde que a utilização não conflitue com os compromissos assumidos pelo Clube no âmbito das competições desportivas de natureza profissional, previamente definidas e calendarizadas (al. a) da Cláusula 7.ª)”.

Este fim-de -semana os jogos do campeonato estão interrompidos em virtude de compromissos das seleções nacionais.

Foto: MA