A ponte 516 Arouca está neste momento entre as seis pontes finalistas do prémio da IABSE – International Association for Bridge and Structural Engineering, na categoria de pontes cicláveis e pedonáveis. Trata-se de uma informação divulgada na semana passada no site da organização.

Esta é a única infraestrutura portuguesa presente nesta categoria. 

A 17 de novembro deste ano, decorrerá uma cerimónia em Zurique (Suíça), onde serão conhecidos os vencedores.

A presidente da Câmara Municipal de Arouca, Margarida Belém, afirma “É sempre com enorme orgulho e satisfação que vemos o trabalho que desenvolvemos reconhecido ao mais alto nível”, indicando ainda: “Sentimo-nos já vencedores por termos conseguido estar entre as seis melhores pontes para peões e bicicletas a nível mundial”.

Já António Tadeu, pertencente à ITECONS, entidade projetista da ponte 516, refere “Sinto um grande orgulho pelo trabalho realizado pela equipa do Itecons. A ponte 516 Arouca ao ser incluída como uma das finalistas dos prémios atribuídos pela associação IABSE, demonstra o reconhecimento internacional do trabalho técnico e científico realizado. Trata-se de uma distinção que premeia toda a Engenharia Portuguesa”.

A ponte 516 Arouca foi inaugurada a 2 de maio de 2021 e está situada na zona nascente do Arouca Geopark Mundial da Unesco, também nas mediações dos Passadiços do Paiva, sendo uma das maiores pontes pedonais suspensas do mundo. Ultrapassou, no primeiro ano de funcionamento, os 120 mil visitantes. 

Até ao momento, já foram recebidos os prémios de “Melhor Projeto Público na Área da Engenharia dos Prémios Construir 2020”, “Melhor Atração de desenvolvimento turístico da Europa (2021)- World Travel Awards”, “Menção honrosa na categoria de Turismo Inovador do Prémio Nacional de Turismo 2021” e “1ºPrémio ATEG de Arquitectura y Construcción Otilio Garcia 2021 – Asociación Técnica Españalo de Galvanización”.