Tiago Caetano é natural de Alvarenga e teve de desistir da prova após um acidente que danificou a viatura com a qual concorria.

No passado sábado, dia 25 de junho, o Campeonato Start foi para a estrada nas serras de Fafe onde se disputou a 3ª jornada. O Rali Montelongo contou com uma lista de inscritos extensa com 45 participantes. À partida estavam as duas duplas habituais com António Oliveira / Filipe Carvalho em Peugeot 205 e, Tiago Caetano / Pedro Dias da Silva em Citroen Saxo. 

Sortes diferentes acompanharam as duas duplas. Tiago Caetano arrancava para esta prova com o objetivo de um lugar no pódio que cimentasse o 3º lugar à geral no campeonato, assim como a liderança do grupo. Contudo o problema de travões, que acompanha o Citroen Saxo desde o início do ano, revelou-se ainda mais evidente e severo logo na primeira especial de classificação. 

Apesar das dificuldades, a equipa decidiu manter-se em prova. Contudo, mesmo com elevada cautela, não conseguiram evitar uma saída de estrada que danificou o carro ao ponto de ditar o abandono da prova. 

Bem diferente foi a prova de António Oliveira e Filipe Carvalho, mas não foi também livre de contratempos. Na segunda especial sofreram um furo que os atirou um pouco para baixo na classificação final.

Com o objetivo de somar pontos para o campeonato e continuar a habituação ao renovado Peugeot 205, percorreram as classificativas com bom ritmo e de forma consistente. Terminaram o rali na 17ª posição e atingiram o 6º lugar no grupo X2.

O balanço da prova é misto nas contas do campeonato. Resulta na descida de uma posição à geral para Tiago Caetano. Ocupa agora o 4º lugar e mantem a liderança do grupo X1. 

Para António Oliveira, apesar da descida para o 16º posto à geral, atinge a liderança do grupo X2.

A equipa vai ter agora a etapa desafiante de restaurar a condição do Citroen Saxo, a tempo de ambas as equipas poderem alinhar no Rali de Famalicão disputado no fim-de-semana de 22 de julho.