Esta sexta feira dia 1 de julho, pelas 10h30, a Associação de Desenvolvimento Rural Integrado das Serras de Montemuro, Arada e Gralheira (ADRIMAG) inaugura, na aldeia de Felgueira (em Arões, Vale de Cambra), a GR60 – Grande Rota das Montanhas Mágicas.

Este projeto une sete municípios (Vale de Cambra, Arouca, Castelo de Paiva, São Pedro do Sul, Castro Daire, Sever do Vouga e Cinfães) assim como, várias entidades nacionais num desígnio comum, que muito vai valorizar – e não só do ponto de vista turístico e económico – um território abraçado pelas serras da Freita, Arada, Arestal e Montemuro, assim como os vales dos rios Douro, Vouga, Paiva, Bestança, Caima e Teixeira.

A GR60 trata-se de um percurso circular, que pode ser feito de bicicleta (oito etapas) e também a pé (14 etapas), com aproximadamente 280 quilómetros e liga inúmeros locais de grande beleza e interesse natural, patrimonial, histórico e cultural.

A sessão de apresentação que decorre amanhã, contemplará a estreia do destino na prática, em cima de uma bicicleta, num itinerário de 15 minutos (às 12h30m).

A cerimónia de abertura, estende-se durante toda a manhã e parte da tarde, e contará com as participações de Isabel Ferreira, Secretária de Estado do Desenvolvimento Regional, dos presidentes de todas as autarquias envolvidas, dos mais altos representantes da Federação Portuguesa de Ciclismo, da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal, do Turismo do Porto e Norte de Portugal, do Turismo do Centro de Portugal, do Turismo de Portugal, assim como, de vários especialistas.

Pensado para os amantes dos desportos radicais e do turismo de natureza, a GR60 – Grande Rota das Montanhas Mágicas, pretende tornar-se em breve, uma referência nacional e internacional.