A Assembleia Municipal de Arouca aprovou, por unanimidade, na passada sexta-feira, a alteração ao Regulamento de venda de lotes do Loteamento Industrial de S. Domingos 2, criando assim as condições para a venda por ajuste direto de quatro lotes. Tal criará condições para a instalação de uma empresa de calçado (multinacional alemã) que, tal como já noticiamos, prevê a criação de cerca de 500 postos de trabalho.

O período Antes da Ordem do Dia foi marcado por várias questões colocadas pela bancada do PSD, com enfoque na poluição do rio Paiva, no apoio às associações e na delegação de competências nas áreas de saúde. A bancada do CDS-PP levou a debate a construção de duas vivendas privadas em terreno da Câmara, com a Presidente da Câmara, Margarida Belém, a sublinhar que a edilidade vai, em tribunal, defender o interesse público.

Os deputados municipais aprovaram por maioria duas revisões do Plano e Orçamento e por unanimidade um pedido da Câmara para a aquisição de viaturas elétricas em regime de locação financeira.

O órgão deliberativo tomou conhecimento do diagnóstico e plano municipal para a igualdade assim como viu apresentado o Balcão Único do Prédio de Arouca.  Mais desenvolvimentos na edição impressa