Uma multinacional de calçado alemã pretende, a curto prazo, instalar-se em Arouca, através
de um investimento que prevê a criação de cerca de 500 postos de trabalho. As negociações
com este grupo envolve o município, que se disponibiliza a vender por ajuste direto quatro
lotes no loteamento Industrial de S. Domingos 2 (próximo da Vila).
Esta iniciativa julgada pela edilidade estruturante, dado que pode atrair ainda outros
investimentos similares, e reforçar a atratividade económica e industrial terá que,
excecionalmente levar a Câmara a alienar estes lotes, sem concurso público – algo que não
está previsto no Regulamento de venda. Neste sentido é crucial a decisão da Assembleia
Municipal que reúne esta sexta-feira, em sessão ordinária, para se pronunciar sobre esta
alteração específica que, entretanto, já foi aprovado por unanimidade no órgão executivo, na
reunião de 14 de abril de 2022.
De salientar que decorrido um apreciável número de anos, o Município não tinha conseguido
vender estes quatro lotes. Na proposta a ser apresentada aos deputados municipais a
edilidade alerta que, independentemente desta alteração, a “venda nestes termos deverá ficar
na mesma condicionada ao cumprimento das condições previstas no regulamento, bem como
às sanções resultantes do incumprimento das mesmas”.

Texto: PB. Foto: CMA