A Casa de Algar, em Santa Maria de Sardoura, voltou a organizar uma apresentação dos seus vinhos verdes de forma a cumprir uma tradição de uma década. Os vinhos são da marca “Pata da Burra” e são referentes à colheita de 2021. O encontro aconteceu no passado sábado, dia 21 de maio, no agradável espaço desta quinta, em Castelo de Paiva.

O evento contou com a presença de amigos, clientes, especialistas, convidados, enófilos, e o presidente da Câmara Municipal de Castelo de Paiva, José Rocha, acompanhado do vereador José António Vilela. Foi apresentada a gama dos vinhos veres Pata da Burra que são produzidos nesta quinta paivense, e foram também, destacadas algumas novidades, onde se realizaram várias provas para apurar aromas e sabores que a todos agradou.

Foi possível provar diversas variedades com diferentes características, para além do premiado vinho Pata da Burra Avesso, já distinguido no concurso dos vinhos verdes da CVRVV, houve também provas do vinho como o clássico Escolha, o Rosé e a grande novidade BurraPremium.

O Pata da Burra Tinto assim como o Pata da Burra premium estiveram também presentes para apreciação.

           Os vinhos da Casa de Algar são fruto de um projeto familiar de longa data, que é atualmente gerido pelo EngºAlberto Guedes da Costa e a esposa Ana Maria Crava, assim como as três filhas do casal, esta que é uma exploração vitivinícola com 12 hectares, com uma produção na ordem das 120 pipas de vinho verde.

Ao longo do evento Guedes da Costa agradeceu a presença de todos e demonstrou a satisfação com os resultados obtidos e o sucesso que continua a ter com os vinhos no mercado. A apresentação dos vinhos esteve a cargo do EngºJorge Sousa Pinto, à semelhança do que já aconteceu em anos anteriores, que proporcionou bons momentos aos convidados ao servir também de guia na descoberta de cada vinho da marca.

Quem também agradeceu o convite foi José Rocha, que se demonstrou satisfeito ao ver o reconhecimento que a marca continua a ter, assim como, os produtores que continuam a apostar nos vinhos e no seu grande potencial, que permitem projetar a região de Castelo de Paiva.