O PSD Arouca realizou as suas eleições para os órgãos concelhios no passado sábado, 2 de abril, com apenas uma lista apresentada a sufrágio. Rui Vilar, anterior presidente e atual Deputado à Assembleia da República, não se recandidatou por limitação de mandatos, surgindo assim Vítor Soares como candidato a Presidente, ele que era tesoureiro na anterior direção e é também uma presença habitual na estrutura cimeira do PSD Arouca.

Na Comissão Política mantêm-se a Vice-Presidentes Vítor Arouca, atual Presidente da União de Freguesias de Arouca e Burgo e José Maria Ribeiro, sendo de destacar a entrada dos jovens Tiago Mendes e José Paulo Miller no novo elenco. Na mesa do Plenário continua o médico Artur Miller, destacando-se o regresso de Rui Almeida, antigo Presidente da Junta de Freguesia de Várzea.

Aposta na continuidade “pessoas e equipas capazes”

Vítor Soares, em declarações ao “Discurso Directo” garante “continuidade no trabalho que tem vindo a ser efetuado” que entende ter sido “muito bom”, nomeadamente na “abertura à sociedade civil e na continuidade de apresentação de propostas e ideias políticas construtivas.” Quanto aos objetivos, o novo líder é perentório: ” apresentarmos pessoas e equipas capazes, trabalharmos para conquistarmos ainda mais a confiança dos arouquenses, para assim tomarmos o destino da governação do nosso município” – salientou ainda.

No mesmo dia realizaram-se as eleições para o PSD Distrital de Aveiro, sendo eleito o edil de Santa Maria da Feira Emídio Sousa como Presidente, sucedendo assim a Salvador Malheiro. Na sua equipa conta com os arouquenses Tiago Mendes, como vogal da Comissão Política Distrital e com José Maria Ribeiro no Conselho de Jurisdição Distrital.