A leitura do responso é o atrativo da iniciativa  

O concelho de Castelo de Paiva, “num tempo que se deseja de retoma, também na atividade cultural, com folia e animação, voltou a viver o Carnaval com todo o entusiasmo e alegria”, com a realização de iniciativas carnavalescas dinamizadas pelas associações locais, e que contam com o apoio municipal.

Após dois anos sem esta tradição na vila, nos próximos dias que marcam este tempo festivo, no espaço onde se realiza a Feira Quinzenal, (por iniciativa privada), está montada uma tenda gigante onde se vão realizar os animados bailes de Carnaval, “potenciando uma oportunidade única de entrar no espírito festivo, sair à rua e dançar, depois de dois anos sem os tradicionais bailaricos”, adiantou a edilidade paivense.

Desta forma, Pedorido volta a Festejar o Carnaval, tal como era feito tradicionalmente, com o Enterro do Entrudo, realizando-se, na noite do dia 28 de fevereiro, o desfile fúnebre desde a Póvoa até às Concas (Foz do Arda), lugar onde ocorrerá a Leitura o Responso, a Queima do Entrudo, fogo de artifício, concurso de máscaras e arraial popular, seguindo-se um animado baile pela noite fora, com a participação do duo musical Som Baile, de Arouca.

A iniciativa da responsabilidade do Grupo de Dinamização de Pedorido conta com o apoio da CM de Castelo de Paiva, da União de Freguesias de Raiva, Pedorido e Paraíso e população do Couto Mineiro do Pejão.