O edil, José Rocha, considera esta obra uma prioridade

Depois de recentemente ter adquirido uma parcela de terreno de 2,844 metros quadrados, a Câmara Municipal de Castelo de Paiva vai proceder à obra de alargamento do Cemitério Municipal, localizado na zona da Ranha, em Sobrado, tendo já avançado para o procedimento do concurso público da empreitada.

Recorde-se que a aquisição desta parcela significou um custo aproximado de 29 mil euros para os cofres da autarquia, a qual estima que a empreitada possa arrancar ainda no primeiro trimestre deste ano.

“Pretende-se o alargamento do espaço com uma parcela do terreno anexo ao existente do lado oeste do cemitério municipal, proporcionando o equilíbrio entre as partes, a antiga e a nova, respondendo às necessidades sentidas face à limitação de ocupação.”, adiantou a edilidade.

O preço base com IVA desta empreitada situa-se nos 365.625,94 euros e o prazo de execução da obra é de 365 dias, a partir da data da assinatura do auto de consignação. O presidente do município, José Rocha, considera que esta, “será uma obra importante e bastante necessária nesta freguesia urbana, até porque este cemitério municipal está a ficar com uma capacidade muito limitada sendo, por isso, urgente esta intervenção, para criar mais espaço disponível para garantir mais sepulturas”, concluiu