A Câmara Municipal de Castelo de Paiva vai atribuir, em breve, as Bolsas de Estudo para alunos do concelho que frequentam o Ensino Superior, referente ao anterior ano letivo, sendo que, uma das 16 bolsas financiadas, será atribuída a bombeiros locais que frequentem este nível de ensino, ajudando a custear as despesas inerentes à formação académica. 

Reportando ainda ao ano letivo de 2020/2021, cada aluno é contemplado com uma prestação mensal de 75 euros, ( nove mensalidades ), representando um apoio financeiro anual de 675 euros sendo que, as bolsas de estudo do ensino superior, representam um encargo superior a 10,800 euros e, atenta às dificuldades económicas de algumas famílias do concelho, a Câmara Municipal de Castelo de Paiva atribui, anualmente, bolsas de estudo a jovens que frequentam o ensino superior e que sejam residentes em Castelo de Paiva.

Recorde-se que, tal como no passado ano letivo, relativamente aos jovens Bombeiros Voluntários, e apesar de estarem definidas 3 bolsas de estudo para estudantes bombeiros, apenas uma candidatura foi considerada, porque reuniu todos os requisitos para a sua atribuição. Para o presente ano letivo, os serviços municipais, ainda estão na fase de análise das candidaturas que foram admitidas, de acordo com o atual Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo.

Para o edil paivense José Rocha pretende-se, desta forma, continuar a apoiar economicamente o esforço dos que querem encetar um percurso académico regular, integrado no seu projeto de vida, e que de outra forma estariam impossibilitados (ou com mais dificuldades) na concretização desse objetivo. Daí também a preocupação da autarquia, em apoiar os alunos com reconhecido mérito académico, nomeadamente, aproveitamento escolar nos dois últimos anos letivos.

 Com esta medida de apoio, o presidente José Rocha, destaca a aposta na educação e a vontade de continuar a estabelecer um compromisso com o desenvolvimento do concelho, potenciando a igualdade no acesso à educação e formação para que, no futuro, “possamos construir uma sociedade à medida dos mais responsáveis e capazes, ajudando a consolidar uma terra e um país onde haja oportunidades e se possa afirmar pela positiva. O autarca considerou ainda que estas Bolsas de Estudo são um estímulo e um incentivo que pode potenciar a preparação e a entrada dos jovens no mercado do trabalho, destacando o apoio orientado para os jovens bombeiros que também frequentam o ensino superior.

Recorde-se que, para além da prestação pecuniária, a Câmara Municipal de Castelo de Paiva proporciona ainda um primeiro contacto com o mundo do trabalho (estágio de 20 dias) adequado ao complemento da formação de cada aluno, agora apoiado pela autarquia. A mesma entidade também realiza outras ações em matéria de apoio social nesta área da Educação, concretamente, a oferta das Fichas Escolares aos alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico, o serviço de refeições e fruta escolar, bem como o transporte escolar, entre outras propostas, traduzindo-se assim o apoio social num esforço financeiro superior a 1 milhão de euros, condições essenciais para que, o grande objetivo do sucesso educativo, seja alcançado, num tempo que se deseja de esperança e confiança, no regresso à normalidade.