PS vence no distrito. PSD em Arouca. Rui Vilar eleito.

O PS obteve a maioria absoluta nas eleições legislativas do passado domingo. Como resultado há crises de liderança no PSD e no CDS. Bloquistas e comunistas esmagados – mas os comunistas voltam a estar à frente do BE em número de deputados (seis contra cinco). PAN reduzido a um deputado e Livre reconquista reeleição, com Rui Tavares a superar os resultados de Joacine Katar Moreira. À direita, PSD não subiu. CDS-PP desapareceu do Parlamento, engolido pelo forte crescimento do Chega (de um para 12 deputados) e da Iniciativa Liberal (de um para oito). Enquanto isso o PSD venceu em Arouca. Rui Vilar, sétimo na lista social-democrata no distrito, foi eleito.

No distrito de Aveiro.

No distrito de Aveiro o PS obtém mais cerca de 23 mil votos do que em 2019 e passa a ter oito deputados por Aveiro, contra os sete eleitos antes, enquanto o PSD aumenta de seis para sete.

O Chega, que em 2019 ficou em nono lugar, subiu à terceira posição e conseguiu o primeiro mandato por este círculo eleitoral. Mas a maior surpresa da noite foi o facto de o BE não terem conseguido eleger qualquer elemento das listas, quando nas legislativas de 2019 tinham conquistado dois e um mandato respetiva mente.

Nos concelhos da região o PSD venceu em Arouca, com 44,26% (5.320 votos), enquanto o PS, teve 36,67% (4.396 votos), tendo o Chega obtido o terceiro lugar com 4,76% e 572 votos. Em Vale de Cambra venceu o PS com 37,51% (4.545 votos), o PSD obteve 36,58% e 4.432 votos. O CDS-PP ficou em terceiro 5,93% e 718 votos. O PS também venceu em Castelo de Paiva (46,25% (3.735 votos), a que se seguiu o PSD com 36,83% (2.974 votos), tendo o Chega ficado em terceiro 3,38%, e 273 votos.

Arouca volta a ter um deputado.

Colocado em sétimo lugar na lista do PSD pelo círculo distrital de Aveiro, Rui Vilar foi eleito para a Assembleia da República. Trata-se do terceiro arouquense a ter assento no Parlamento, depois de Arnaldo Lhamas e André Almeida, também do mesmo partido.

Sobretudo no Facebook foram muitos os que felicitam o jovem eleito, com a JSD local, também na mesma rede social, a congratular-se pelo feito e a assinalar que “Arouca volta a ter voz na Assembleia da República! Estamos certos de que fará um excelente mandato e representará condignamente o nosso concelho” – dizem ainda a concluir.