Constata-se uma forte aposta na Educação pelo Município Cambrense

A Câmara Municipal deliberou na sua reunião de 28 de dezembro sobre os apoios a conceder aos estabelecimentos de educação pré-escolar e 1º ciclo do ensino básico no que se refere a material didático e a prestação dos apoios sócio-educativos aos mesmos níveis.

Incluem-se aqui:

  • as verbas para a aquisição de Instrumentos de avaliação e intervenção junto das crianças com 5 anos de idade (último ano de pré-escolar) dando assim condições para identificar de forma rápida as crianças em idade pré-escolar que têm ou não adquiridas as competências típicas para a sua faixa etária, permitindo sinalizar aquelas que necessitam de uma avaliação detalhada na área da linguagem e/ou fala. Este é um trabalho que será desenvolvido numa ação conjunta entre o Agrupamento de Escolas de Búzio e Câmara Municipal, através da equipa do Projeto Raízes.
  • A comparticipação da Hipoterapia para os alunos do Centro de Apoio à Aprendizagem – valência de Unidade Especializada, dando assim resposta à necessidade identificada pela Direção do Agrupamento;
  • A aquisição de material didático para as atividades educativas dos jardins de infância e escolas do 1º ciclo;
  • Aquisição de recursos básicos ao funcionamento.

De referir que se somam a estes apoios a disponibilização, no início do ano letivo, de cerca de 120 computadores para as escolas do 1º ciclo para a AEC Tic, a disponibilização do Programa Escola Virtual para o 3º e 4º anos, a dinamização do projeto “Crescer em Movimento” na educação pré-escolar, o “Projeto de Educação Financeira” no ensino básico e secundário, e o projeto “Got Talent”de desenvolvimento de competências para o empreendedorismo.

Estes são exemplos de um reforço significativo do investimento na área da Educação, numa gestão articulada com o Agrupamento de Escolas de Búzio, procurando assim criar condições para “Assegurar a educação inclusiva e equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos”, refere o município citando os objetivos do desenvolvimento sustentável e a Agenda 2030.