Esse é ó último artigo do ano, e antes de enfatizar os vários motivos que tenho para agradecer, expressarei meu respeito e carinho a todos que de alguma forma, direta ou indireta, mostram os obstáculos, pois só assim, cada dia vivido, será visto como único e irrecuperável.

Portanto, como já é de costume, vou deixar as emoções serem fonte de inspiração.

Aprenda com seu pior momento, e valorize o melhor.

Tudo faz sentido, apenas demoramos para aceitar o que é óbvio, reveja o percurso que fez até agora e analise se não deveria mudar algumas coisas, ou se afastar de pessoas, tudo tem o seu momento certo para permanecer ou não na sua vida.

Se sentir que se perdeu nas suas escolhas, não olhe ao redor, reflita a olhar para dentro de Si.

Acreditar ou não, em algo ou alguém, faz toda diferença para suas realizações, e quanto mais rápido souber onde deseja chegar, mais rápido, sairá do ponto de comodismo.

Não tenha medo de enfrentar a sua verdadeira essência, muito menos de assumir que se sente merecedor(a).

Autoconhecimento é sinal de cura interna, aceitar quem és traz saúde física e mental.

Desejo-vos paz, harmonia, saúde no Natal, e que haja muitas verdades e consciência em 2022.

Obrigada por acompanhar o nosso Jornal e a coluna de saúde e bem-estar.

Cuide de Si e até breve.

Gláucia Souza