Formação Profissional é um sucesso em Castelo de Paiva, de tal forma que mais duas turmas vão chegar no 1º trimestre de 2022.

No âmbito de uma visita que está a realizar ao concelho, a convite da Urbe Consultores, o Ministro do Turismo e Cultura de S. Tomé e Príncipe, Aerton do Rosário Crisóstomo, foi hoje recebido nos Paços do Concelho, pelo presidente da Câmara Municipal de Castelo de Paiva, José Rocha, onde agradeceu a colaboração prestada pela autarquia paivense, no processo de formação que permitiu acolher no território 20 jovens deste país africano, a prestar serviço no sector do turismo/restauração ( mesa – bar ), em vários espaços locais.

Para além do governante, que se veio inteirar das condições em que decorrem estas ações de formação, da comitiva São Tomense constava ainda Eugénio Neves, assessor para a área do turismo, Adilson Garcia, diretor de Jogos e Atividade Turística, e Valdemar Jesus, secretário do Conselho de Ministros, sendo acompanhados por Rui César Castro, responsável da Urbe Consultores, e da Engª Paula Gil, do Centro de Formação Profissional da Indústria do Calçado de S. João da Madeira. 

O Ministro Turismo e Cultura agradeceu a receção e todo o apoio que tem sido prestado aos formados e enalteceu o papel da Urbe Consultores nesta ação, expressando a sua satisfação pelo sucesso que este processo formativo está a ter. Mostrou-se confiante nesta aposta na formação e capacitação dos jovens de S. Tomé e Príncipe, nas diferentes áreas do Turismo e Hoteleira destacando que sendo o turismo uma área vital para o desenvolvimento do país, justifica-se o interesse na aprendizagem destes jovens, que ficam com conhecimentos e experiência profissional ao melhor nível, e capazes de dar um excelente contributo para proporcionar um turismo de qualidade neste território africano, localizado perto da linha do equador. 

Aerton do Rosário Crisóstomo deixou o convite para o edil paivense visitar aquele país e evidenciou que o seu ministério continuará a trabalhar empenhadamente para proporcionar diversas formações no sector de turismo e hoteleiro para os estudantes locais, que assim conseguem uma dupla certificação ao nível do ensino secundário, tal como uma carteira profissional que valorizará a sua intervenção nesta área laboral.

 Rui César Castro, no âmbito do protocolo assinado com a Urbe Consultores, também se congratulou com o êxito desta ação de formação com os jovens de S. Tomé e Príncipe, dando a conhecer que, no primeiro trimestre do próximo ano, vão chegar mais duas turmas de alunos para frequentar novas ações de formação ao nível de restaurante /bar e técnico de animação turística, funções que considerou essenciais para ajudar as empresas locais, orientadas para o turismo, a melhorar o serviço que prestam naquele arquipélago.

O presidente da edilidade, José Rocha, agradeceu a presença do governante de S. Tomé e Príncipe e destacou a importância destes acordos de cooperação e parceria no âmbito da formação profissional, salientando que, estas ações reforçam os laços de amizade entre países que falam a mesma língua e que desenvolvem interesses comuns, evidenciando a valorização profissional destes jovens e as perspetivas de um futuro melhor, potenciando que possam, assim, ajudar e contribuir para o desenvolvimento económico e social do seu país.

 Referindo-se às diferentes esferas da vida destes jovens, que em Castelo de Paiva dão o melhor de si no aperfeiçoamento de uma futura atividade profissional, o autarca de Castelo de Paiva valoriza esta trajetória de ensino profissional e mostra-se satisfeito com a forma como se adaptaram ao concelho, desenvolvendo com sucesso e mestria as tarefas que lhe estão incumbidas nos diversos estabelecimentos onde estão localizados, referindo que, a Câmara Municipal estará sempre pronta a colaborar para que, estes projetos de vida, através da formação profissional, sejam um êxito, dignificando as relações de amizade entre os dois países.

 Neste momento, distribuídos por várias zonas do país, mais de uma centena de jovens estudantes de S. Tomé e Príncipe participam em atividades formativas em diversas áreas, enquadradas na dupla certificação ao nível do ensino secundário.