Segundo declarações que o DD recolheu junto do Destacamento Territorial de Oliveira de Azeméis, na noite do passado dia 8 de outubro, em Vila Chã-Gândara, o estabelecimento comercial Cavalinho, loja que vende produtos da referida marca, foi assaltada.

Apesar de os militares da GNR não conseguirem precisar se o assalto foi concretizado por mais do que um indivíduo, afirmaram que a loja sofreu alguns estragos, nomeadamente, um vidro partido, e que não foi furtado numerário. “Foram levados apenas produtos da marca Cavalinho, nomeadamente, malas e calçado”, adiantou o Capitão Gomes do Posto de OA ao DD.

O mesmo reforçou que não existiu interação entre militares e assaltantes/(e) pois, quando chegaram ao local, os mesmos já não encontravam presentes.

Já na noite de 5 de outubro, também em Vale de Cambra, mas desta vez no posto de combustível BP, um grupo de 3 indivíduos surpreenderam o funcionário do estabelecimento que acabou por ceder todo o tabaco exposto, adiantou a mesma fonte.

Até ao momento não se sabe se os mesmos utilizaram alguma arma para intimidar o funcionário, no entanto, o destacamento territorial de Oliveira de Azeméis acrescentou que não há relação entre este assalto e o que viria a ocorre na loja da referida marca de acessórios Portuguesa.