O surto de Covid-19, identificado no passado domingo, dia 3 de outubro, no Lar da Santa Casa de Arouca está a aumentar registando, até ao momento, e segundo informações que uma fonte das autoridades de saúde deu ao Jornal de Notícias, já há um morto assim como mais dois casos resultando assim em 65 pessoas infetadas.

A mesma fonte indicou que 5 dessas pessoas estão internadas no Centro Hospitalar Entre Douro e Vouga.

Segundo a mesma fonte a morte confirmada foi a de uma idosa, «cuja situação clínica já era de alguma gravidade,dada a sua dependência de suplementos de oxigénio e um historial já com várias paragens cardiorrespiratórias.»

Os 5 idosos que ainda se encontram hospitalizados, encontram-se em situação «de alguma gravidade», e os restantes 52, que permanecem nas instalações da IPSS estão «em condições estáveis». Os funcionários da instituição que testaram positivo também se encontram estáveis.

«Não tivemos nenhum caso de Covid até este momento. Já por causa disso é que fomos dos primeiros lares do país a ser vacinados, logo em fevereiro”,» realçou.

A Direção da Santa Casa decidiu então separar doentes de não infetados, e distribuiu-os pois dois blocos distintos estabelecendo «circuitos de circulação distintos para cada um.» Todos estão “isolados” da comunidade exterior e contactam com as famílias apenas por videochamada.

Foto: Centro de Medicina Física e de Reabilitação da Misericórdia de Arouca