A integração entre corpo e mente, é um trabalho diário.

Quando pensamos em desenvolvimento humano, não se pode olhar apenas o aspeto dos sentimentos e emoções, mas também nas sensações corporais que estão implicadas neste processo de viver as experiências como um todo.

Experienciar e sentir, envolve perceber o organismo de uma forma geral, na medida em que sentindo tristeza, posso também sentir um forte aperto no peito, já que cada emoção vivida, também vem acompanhada de sensações internas e sensações corporais na pessoa.

Viver emoções, é observar qual a relação dos afetos com a expressão corporal. Portanto, conhecer a si, é também perceber que além dos afetos, as expressões e sensações corporais estão sempre envolvidas em uma emoção.

A beleza interior é aquela que vem de dentro de nós e reflete nas nossas atitudes e vontades. Para atingi-la, é necessário fazer investimentos em melhorias pessoais. Ela pode se exteriorizar de forma a refletir uma aparência calma e serena, independentemente de idade, porte físico e poder aquisitivo.

Beleza exterior é questão de sorte, mas beleza interior é questão de caráter!

A beleza exterior as vezes engana. A beleza interior sempre encanta.

Cuide da sua mente e do seu corpo!