Espólio de Levi Guerra já é de Vale de Cambra.

Num momento de grande relevância cultural e artística, o reputado médico, pintor e escritor Levi Guerra doou, ao Município de Vale de Cambra, o fruto da sua inspiração e criação das últimas quatro décadas dedicadas à pintura.

A Câmara Municipal de Vale de Cambra acaba assim, de formalizar um protocolo de doação ao município de 156 quadros do espólio artístico do Professor Levi Guerra.

A sessão protocolar decorreu no passado dia 13 de setembro, no Edifício Municipal, na presença do Presidente da Câmara Municipal, José Pinheiro, do autor da obra Levi Guerra, e dos curadores: Margarida Negrais de Matos (esposa do autor); Paulo Machado e João Manuel Borges.

Trata-se de um passo, dado em frente, na valorização cultural do concelho e que pretende criar e dinamizar um polo cultural permanente, contendo um espaço dedicado ao reconhecimento e à obra cultural do Professor Levi Guerra.

“A oferta destas minhas pinturas significa a oportunidade de poder estar presente no esforço cultural que V. Ex.ª tem programado para Vale de Cambra. É para mim um privilégio e um grande gosto. Privilégio de poderem ser vistas as minhas obras expostas em lugar condigno e público. Também a grande satisfação que tenho de proceder a esta doação ao povo de Vale de Cambra, que é a terra natal da minha esposa, onde me sinto bem e onde nunca gostaria de ser visto como estrangeirado”, referiu o autor no momento da doação, agradecendo ainda aos curadores “as pessoas que irão colaborar com a Câmara, não só na garantida preservação das obras, mas também na difusão adequada da sua existência, meio de, eventualmente, poder representar algo de atrativo para gentes visitarem esta querida Terra”.

A primeira exposição temporária vai ter lugar no futuro Centro de Artes e Espetáculos de Vale de Cambra (antigo Cinema), após a sua entrada em funcionamento. As obras destinam-se a exposição permanente que terá assim lugar quando se encontrarem reunidas condições necessárias para o efeito”.

Contudo, este projeto cultural, prevê também a realização de exposições temporárias, designadamente em itinerância, com o objetivo de divulgar a obra e o autor.

Para o Presidente da Câmara Municipal, José Pinheiro, a doação desta vasta obra reveste-se da “maior importância para a valorização e crescimento do património cultural de Vale de Cambra”.

Quem foi Levi Guerra

Levi Guerra é natural de Águeda, médico e Professor Catedrático Jubilado da Faculdade de Medicina do Porto e Diretor Reformado do Serviço de Nefrologia do Hospital de São João de que foi o fundador (1993).