As guias de granito da passadeira à entrada da urbanização de S. Pedro estão num estado lastimável, que a foto documenta, e já provocaram inclusive a queda de um motociclista, felizmente sem danos de maior. Isto para não falar da deterioração das suspensões dos carros de quem lá mora e todos os dias sai e entra no bairro. Vários moradores já contactaram a Câmara, alguns mais que uma vez, e a resposta é sempre a mesma: “A obra tem garantia e a responsabilidade é do empreiteiro”. E andamos nisto há mais de meio ano. Quem por lá passa, sem se desviar da armadilha, solta uns sonoros palavrões e já se está a ver a quem são dirigidos.

Agora uma pergunta: Nas obras públicas o empreiteiro não está sujeito a uma caução enquanto dura o período de garantia? E a Câmara não tem capacidade para pressionar o empreiteiro?

 Grupo de Moradores