Segundo o Jornal A Verdade os suspeitos vão ser sujeitos a interrogatório judicial por forma a serem aplicadas as medidas de coação adequadas.

Foi ontem, dia 31 de agosto, que a Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, no âmbito de uma investigação levada a cabo por crimes de roubo, com recurso a arma de fogo, em uma residência, deteve, em Castelo de Paiva e Vila Nova de Famalicão, dois indivíduos “fortemente indiciados pela prática dos referidos crimes”.

Segundo o comunicado, enviado pela Polícia Judiciária ao Jornal A Verdade, a detenção ocorreu no dia 1 de agosto, por volta da 1h00, na via pública, em Castelo de Paiva, “onde os suspeitos abordaram o ofendido e, mediante ameaça com uma pistola, desapossaram-no dos seus bens”.

Os suspeitos foram ainda indiciados por furto a uma residência e por fuga após abastecimento de viatura, igualmente em Castelo de Paiva.

Os detidos, de 35 e 38 anos de idade, sem ocupação laboral, já com várias referências criminais por crimes contra o património e tráfico de estupefacientes, vão ser presentes a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

A verdade