António Costa é o candidato do PSD para a União de Freguesias de Sobrado e Bairros, nas próximas eleições autárquicas. “Aceitei o convite do José Rocha porque é um homem sério, honesto, trabalhador, humilde e com uma visão empreendedora para o nosso concelho. Castelo de Paiva precisa de uma mudança e isso só vai acontecer com o projeto liderado pelo José Rocha e a sua equipa. As nossas prioridades e preocupações são comuns e encontrei, neste projeto, os alicerces necessários para a melhoria da qualidade de vida dos paivenses em geral, e em particular das gentes de Sobrado e Bairros”, afirma António Costa, definindo como prioridades a “aposta no saneamento, no turismo, numa série de melhorias em arruamentos por toda a freguesia e num trabalho de maior proximidade junto das coletividades”.

O empresário da área agrícola e florestal iniciou o seu percurso autárquico há 24 anos, como membro da Assembleia de Freguesias de Bairros, tendo sido presidente dessa Junta entre 2005 e 2013, mantendo-se como membro da Assembleia da União de Sobrado e Bairros após a fusão das freguesias.

António Costa apresenta-se contra essa agregação. Desde 2013 que António Costa é uma voz ativa contra a união dessas duas freguesias, tendo, inclusive, recolhido um abaixo-assinado a defender a sua separação, que entregou na Assembleia da República. “Considero que a agregação das freguesias em nada beneficiou Sobrado e Bairros, dada a sua extensão territorial e a necessidade de serviços mais próximos para as pessoas. Perdeu-se a proximidade, que tantas vezes é fundamental para a melhoria das condições de vida dos nossos fregueses”, defende o candidato, que promete fazer dessa luta uma bandeira durante o próximo mandato.

Na sua lista acompanham-no António Sousa, empresário com experiência autárquica no executivo da Junta de Freguesia de Sobrado, e Márcia Magalhães, administrativa e atual tesoureira da União de Freguesias de Sobrado e Bairros, ambos com uma postura dinâmica e presente nas coletividades do concelho. “Acredito que, com a nossa experiência autárquica, e de vida, temos todas as condições para projetarmos a nossa freguesia em diferentes eixos de atuação, colocando Sobrado e Bairros sempre à Frente”, assegura.