Está, neste momento, a circular via online uma petição para se proceder à requalificação (urgente) da Estrada Nacional EN 225, mais precisamente, o troço que liga Alvarenga e Castelo de Paiva. Esta Estrada Nacional 225, também conhecida por EN 225 é um itinerário que Liga Castelo de Paiva a Vila Nova de Paiva, passando pelos municípios de Cinfães, Arouca, Castro Daire e terminando em Vila Nova de Paiva.

Devido à topografia difícil do local, após a construção do itinerário, o resultado foi uma estrada “sinuosa”, com piso irregular e que, atualmente, está bastante degradada, o que põe em causa a segurança dos seus utilizadores.

No passado dia 14 de junho de 2021 saiu em Diário de República a Resolução da Assembleia da República nº 165/2021 que recomendava a requalificação desta via, no entanto, apenas os troços que pertencem a Arouca, Alvarenga e Vila Nova de Paiva foram selecionados deixando fora desta resolução os concelhos de Castelo de Paiva e Cinfães.

Segundo os promotores da petição estamos perante um caso de discriminação económica regional, devido ao facto de se terem deixado de fora dois municípios.

 Os mesmos adiantaram, é dever do Estado Português “promover a coesão económica e social de todo o território nacional, orientando o desenvolvimento no sentido de um crescimento equilibrado de todos os sectores e regiões e eliminando progressivamente as diferenças económicas e sociais entre a cidade e o campo e entre o litoral e o interior”, conforme a alínea d) do artigo 81º da Constituição Portuguesa. Esta situação, no caso, não acontece, relativamente à estas freguesias, pois assistimos a um claro caso discriminação económica regional, no momento, em que a requalificação se inicia a partir de Alvarenga (Arouca) e se estende até Vila Nova de Paiva, deixando dois municípios para trás. Os subescritores desta petição vem exigir ao Governo da República, Senhores Deputados da Assembleia da República e a todos aqueles que possam, contribuir para a resolução desta emergência, a requalificação da restante EN225, que liga Castelo de Paiva a Alvarenga (Arouca). Esta moção é subscrita por cidadãos, empresas e outras entidades públicas e privadas.”