É uma ansiedade crónica desenvolvida sobre a própria saúde, no qual as pessoas estão convencidas de ter uma doença grave não diagnosticada, apesar de vários exames médicos afirmarem o contrário.

No artigo de hoje, quero esclarecer, o que vem a ser essa “patologia”, já que o “pico” de stress e medo de ficar doente, aumentou significativamente perante o aparecimento do Covid, porém, acentuado desmedidamente nas pessoas que sofrem deste transtorno.

Segundo pesquisas:

“… O atual manual de diagnóstico psiquiátrico abandonou a hipocondria enquanto doença, substituindo-a em 2013 por dois novos conceitos: transtorno de sintomas somáticos e transtorno de ansiedade…”

A identificação do paciente com transtorno de sintomas somáticos, ou sintomas crónicos, deve ser minuciosa e relatada cuidadosamente, já que as pessoas que são hipocondríacas, sofrem de preocupação excessiva, medo e angústia de que exista algo grave, levando-os a repetir exames que raramente aliviam o temor, apesar do resultado negativo.

É relevante dizer que quem apresenta esses sintomas, quando o resultado de algum exame é negativo, pode aumentar o receio de que seus problemas nunca serão corretamente identificados e tratados.

Partindo do princípio que as pessoas não fingem qualquer sintoma nem mentem, pois a crença de que têm um problema de saúde crítico, é real, o ideal é convencer-se de que tem que ser tratado o mais rápido possível, possibilitando um controlo maior sobre os sintomas.

Existem 2 tipos de hipocondríacos:

Os que buscam incessantemente profissionais de saúde que afirmam que há uma doença grave, e o outro que evita claramente profissionais, médicos, hospitais e exames, que possam vir a confirmar qualquer doença.

Os hipocondríacos, frequentemente, praticam o auto exame, estão constantemente a apalpar-se para ver se encontram um nódulo, um sinal estranho no corpo ou a verem ao espelho se está tudo bem com a garganta, alguns (em desespero), muitas vezes medicam-se.

Resumidamente, a hipocondria é considerada um transtorno de foro psiquiátrico, porque associa-se a um grande sofrimento psíquico.

Procure sempre um profissional especializado, o seu bem-estar depende exclusivamente da sua decisão.

Cuide de Si.