Em funcionamento desde setembro de 2020, a nova Escola Básica de Arouca inaugurada no dia 1 de junho de 2021, tem já uma sala inoperacional, a de dança. Como regista a foto o piso levantou.

A Câmara Municipal de Arouca em declarações ao DD confirma esta situação, “Efetivamente o piso da sala de dança apresenta algumas anomalias que se julgam decorrentes de humidades, devido ao facto de a sala ter estado fechada por um período de tempo prolongado, por força da pandemia. O Município de Arouca está a diligenciar no sentido de se corrigir as referidas anomalias, de modo a que os trabalhos ocorram no período de férias para não prejudicar o normal funcionamento das aulas.”

Igualmente em um testemunho dado ao nosso jornal o sócio gerente da empresa Carlos Fernandes Mendes & Filhos Lda, José Mendes, adiantou-nos que já teve acesso às fotografias que mostram o estado de degradação da sala.” De qualquer das formas a sua posição é firme e reforça que, “ a nossa (da empresa) posição é clara. Executamos a obra de acordo com projeto, aplicando todos os materiais que estavam definidos e isso ficou bem claro e definido com a reunião que os nossos técnicos tiveram com os técnicos da câmara e os próprios responsáveis camarários, ou seja, vereadores.”

José Mendes destacou ainda que tudo ficou “dito, escrito e esclarecido para todos saberem que o trabalho foi executado dentro das normas que nos foram impostas. Não vamos ficar com mais nenhumas responsabilidades a não ser as que já temos. Os materiais utilizados formam aqueles que a Câmara Municipal escolheu, que é a dona da obra.”
De referir que a nova infraestrutura escolar se encontra integrada no Agrupamento de Escolas de Arouca, resulta do plano de requalificação e modernização das instalações do antigo Centro Escolar EB 2/3 de Arouca, e foi adjudicado à empresa Carlos Fernandes Mendes & Filhos Lda, pelo valor de €2.908.369,24. As obras requalificação e modernização das Instalações iniciaram-se após o final do ano letivo 2017/2018, em junho, e foram concluídas em setembro de 2020.