A freguesia “reúne as características ideais para ser um polo de desenvolvimento do concelho de Castelo de Paiva”, destacou Ricardo Mota.

O candidato é engenheiro informático de formação, (especialista em desenvolvimento de software na Farfetch), tem 26 anos e é presidente da Mesa da Assembleia de Militantes da JSD de Castelo de Paiva .

Praticou futebol juvenil no Sporting Clube Paivense, participou no programa “Tempos Livres”, promovido pela Junta de Freguesia de Sardoura, e foi voluntário nos Bombeiros Voluntários de Castelo de Paiva.

É natural da freguesia de Sardoura, hoje em dia tem “um emprego remoto e flexível, que lhe permite residir em Castelo de Paiva e abraçar o desafio desta candidatura à Junta de Freguesia”, indica o partido em comunicado.

“Felizmente, tenho esta possibilidade, que a maior parte dos jovens paivenses não tem. E quero transformá-la numa oportunidade, contribuindo para o desenvolvimento da freguesia e para garantir novas oportunidades para a população. Espero ter a honra de contribuir para o futuro da minha freguesia e, acima de tudo, poder fazer a diferença na vida das pessoas”, realça o candidato, citado no comunicado.

O projeto que apresenta foca-se no emprego, habitação, turismo e associativismo. Ricardo Mota quer posicionar a freguesia como “um agente de transformação económico-social, contribuindo para a melhoria das acessibilidades e do acesso a serviços básicos de água e saneamento, para a formação e obtenção de qualificações na área das novas tecnologias, para a modernização administrativa da Junta de Freguesia e para a geração de estímulos ao turismo, designadamente com a manutenção e criação de novas infraestruturas, como a Ecovia do Sardoura e a valorização do cais de Boure”.

Estes e outros projetos serão aperfeiçoados no programa eleitoral, que o candidato e a sua equipa vão elaborar após ouvirem a população e as entidades da freguesia ao longo da pré-campanha eleitoral.

Ricardo Mota acredita que Santa Maria de Sardoura “reúne as características ideais para ser um polo de desenvolvimento do concelho de Castelo de Paiva”. “Somos uma freguesia privilegiada em termos de recursos naturais e de localização, porque temos o Douro e o Sardoura e somos uma das portas de entrada do concelho. Temos de valorizar essas qualidades e dar um contributo muito mais forte ao progresso de Castelo de Paiva”, afirma.

“Queremos participar deste projeto de mudança global para o concelho, liderado pelo PSD e pelo José Rocha, e construir um futuro melhor para os Paivenses e para os sardourenses”, finaliza.

AV