O Partido Social Democrata divulgou, no passado dia 19 de junho, a composição da sua candidatura ao Município Paivense.

José Rocha será, como foi anunciado pelos órgãos nacionais em fevereiro passado, o cabeça de lista deste projeto. O candidato tem 35 anos, é engenheiro florestal e está ligado ao setor da agricultura e transformação de madeira em empresas a laborar em Castelo de Paiva. Foi presidente da Comissão Política do PSD local, entre 2014 e 2019, e militante social-democrata desde a juventude, exercendo a função de vereador no atual mandato autárquico (2017-2021).

O candidato declarou que este projeto visa “concretizar a mudança política que Castelo de Paiva reclama há 20 anos “e reforça como prioridades do seu programa, o desenvolvimento económico, a criação de emprego e a fixação de população. “Abracei este projeto porque acredito que podemos fazer muito mais pelo nosso concelho. Doze anos de governação socialista têm mostrado uma mão cheia de nada. Temos que assegurar condições para que todos os Paivenses possam viver de uma forma condigna em Castelo de Paiva”, sublinha José Rocha no vídeo de apresentação publicado no dia 19 de junho na página oficial da candidatura.

José António Vilela está na segunda posição desta candidatura à Câmara Municipal de Castelo de Paiva.

Conhecido empresário na área da restauração e hotelaria, tem 65 anos, e é o atual presidente da Junta de Freguesia de Sobrado e Bairros, função que exerce desde 2013. José António Vilela possui uma vasta experiência autárquica e é também conhecido pelos contactos de proximidade que faz. “Os paivenses sabem que podem contar comigo em todas as circunstâncias e que sou um cidadão empenhado em melhorar a minha terra. Junto do José Rocha, terei a oportunidade de dar um contributo ainda mais importante a Castelo de Paiva”, afirmou o candidato.

Na terceira posição da lista à Câmara Municipal está Liliana Vieira. A analista financeira, de 30 anos, tem já um vasto currículo político e ligado ao associativismo, tendo sido presidente da Juventude Social Democrata de Castelo de Paiva e candidata pelo PSD às Eleições Legislativas de 2019, pelo círculo de Aveiro. Faz parte ainda do corpo dos Bombeiros Voluntários de Castelo de Paiva, há 15 anos. A candidata prontificou-se a assumir funções executivas no município considerando que “o concelho precisa de mudar, pelas mulheres e pelos jovens”, concretizando as suas “inúmeras potencialidades”. “Somos um povo trabalhador, que sempre encontrou nas adversidades forças para lutar e para vencer. Eu acredito que Castelo de Paiva terá coragem de mudar e agarrar, de uma vez por todas, o futuro”, sublinha na apresentação da candidatura.

Na quarta posição da candidatura está Filipe Moura, que aos 42 anos, se apresenta como candidato à vereação na Câmara Municipal. Atualmente é presidente da Comissão Política Concelhia do PSD, após 20 anos de serviço público na Freguesia de Fornos. É técnico de Farmácia e apresenta-se neste projeto como alguém para “servir as pessoas de outra forma, com outras responsabilidades e desafios”. Todos temos a consciência que Castelo de Paiva não está no bom caminho e precisa de uma mudança, de uma nova visão para o território e de um novo projeto”, realçou Filipe Moura nesta apresentação.

Brevemente serão divulgados os restantes membros que integram a lista ao Município, assim como os candidatos às juntas de freguesia do concelho.