O Cine Clube de Arouca exibiu o filme “Prazer, Camaradas!” na Loja Interactiva de Turismo, no passado dia 12 de junho. Após a projeção, realizou-se uma tertúlia onde se abordou o 25 de abril do ponto de vista sexual, da relação homem/mulher e das relações entre comunidades e os estrangeiros que chegavam a Portugal para descobrir um país novo.

O filme, que teve estreia à poucas semanas, foi exibido para os arouquenses. A ação decorre em 1975 em torno de trabalhadores que viajam da Europa do norte para ajudar nas cooperativas das herdades ocupadas em Portugal.

Após a projeção, realizou-se uma tertúlia, onde o presidente do Cine Clube João Rita, juntamente com o professor Carlos Pinho e a psicóloga Maria Helena Pinto, falaram sobre a revolução sexual, as barreiras impostas pela sociedade e pelas próprias mulheres, na luta pela igualdade de género e a dificuldade que existe em mudar o paradigma.

O projeto foi totalmente suportado financeiramente pelo Cine Clube de Arouca e resultou num sucesso para a cultura local. Além disso, ajudou a sensibilizar num tema vigente onde ainda há muito por fazer.