No passado dia 17 de abril decorreu a grande final do ‘The Voice Kids’, programa em que o jovem arouquense Simão Oliveira participou. Simão Oliveira acabou mesmo por vencer o programa, deixando a sua terra, Arouca, colada ao ecrã, a transbordar de orgulho.

O Discurso Directo esteve à conversa com o jovem artista e também com familiares, no sentido de perceber como decorreu esta participação no concurso.

Simão Oliveira começou a cantar aos 4 anos. Inicialmente não cantava fado, mas começou depois a ouvir fado na rádio e na televisão, gostou e nunca mais parou. Desde então tem recebido vários convites para atuações e para participar em concursos. Atualmente com 14 anos, Simão Oliveira acabou de vencer o ‘The Voice Kids’, um programa de talentos da RTP1, que recebeu crianças de todo o país, com mais de 7 anos, com a mentoria de Marisa Liz, Fernando Daniel, Carolina Deslandes e Carlão.

O percurso de Simão Oliveira no programa começou de forma algo conturbada, até porque inicialmente escolheu o Carlão para seu mentor, sendo que, nas batalhas, acabou por ser eliminado dessa equipa. No entanto, cada um dos outros mentores tinha a hipótese de salvar dois concorrentes de outras equipas, e o mentor Fernando Daniel quis salvar e ficar com o Simão na sua equipa. Desde aí até à final, o percurso de Simão Oliveira foi ‘exemplar’, visto que era sempre salvo pelo público e um dos mais votados.

Na gala final cantou um fado e a canção ‘No teu poema’ e teve ainda a oportunidade de fazer um dueto com Fernando Tordo, algo que para o jovem artista foi “uma honra”.

Em declarações ao Discurso Directo, Simão Oliveira afirmou que participar no ‘The Voice Kids’ foi um “desafio” e bastante “cansativo”, com vários ensaios no hotel e várias atuações. “Principalmente estas galas finais, eram muito seguidas e logo no dia seguinte já estava a estudar a música para a outra gala”, referiu o jovem, confidenciando que a escola acabou por ficar um pouco para trás.

Simão Oliveira referiu ainda que fez vários amigos no programa e que a final foi “bastante difícil”, pois tinha “talentos espetaculares”. Disse ainda que o mentor Fernando Daniel, mais do que um mentor, foi um amigo: “Acreditou sempre em mim e defendeu o meu género musical”.

Sobre o facto de cantar sempre em português, Simão Oliveira afirma que “não aprecia música estrangeira” e que com as canções que escolheu “queria relembrar a riqueza que a música portuguesa tem e que nem sempre é valorizada”.

Simão Oliveira, ao ficar em primeiro lugar no ‘The Voice kids’, venceu um contrato discográfico com a Universal e vai representar Portugal no concurso Eurovisão Junior, em França. “Vai ser uma oportunidade espetacular que vou aproveitar ao máximo”.

O apoio da família

O Discurso falou também com familiares do Simão Oliveira. Os pais do jovem artista, José Paulo Oliveira e Lúcia Reis, afirmaram que não estavam à espera desta vitória, mas que foi um “momento brilhante”: “estamos muito felizes”. Consideram também que este pode ser o início de uma carreira na música, mas defendem que continuar a estudar é “muito importante”.

Os pais de Simão Oliveira afirmam que o jovem é “um menino muito dedicado, gosta de ajudar e sempre alegre”, referindo que “a sua maior qualidade é a humildade com que vive todos os momentos da sua vida” e o seu maior defeito é gostar muito de “fazer as coisas à sua maneira”.

Também a tia de Simão, Alice Reis, considera que o sobrinho “foi sempre autêntico e genuíno” e que “deixou a família, arouquenses e o país cheios de orgulho”. “O Simão é aquele ser humano que todos gostavam de ter na família. Nós orgulha-mo-nos muito. Além de cantar e nos encantar, é autêntico, genuíno, bondoso, sempre pronto a ajudar os avós”.

Sobre o percurso no ‘The Voice Kids’, Alice Reis disse que acompanhou “com muita ansiedade e nervosismo”, sendo que “cada etapa superada era um alívio”. “A vitória foi sem dúvida a cereja no topo do bolo”, afirmou a concluir.