O Empresas & Empresários desta semana dá-lhe a conhecer a Iron Pets, um grupo de clínicas veterinárias sediadas em Arouca, Vale de Cambra e Oliveira de Azeméis. Aberta ao público há mais de 20 anos, a clínica dispõe de um vasto leque de serviços médicos, bem como todo o tipo de produtos para animais.

A primeira clínica a abrir portas foi a de Oliveira de Azeméis, designada Azemeisvete, no ano de 2000. Seguiu-se depois a clínica de Arouca, designada Consultório Santa Mafalda, que abriu ao público em 2005. Por fim, a clínica de Vale de Cambra abriu em 2010 e é designada Cambravete.

Em Arouca, depois de em 2016 trocar de instalações, o consultório Santa Mafalda situa-se na Rua Alfredo Vaz Pinto; em Vale de Cambra na Avenida Vale do Caima e em Oliveira de Azeméis na Rua Ator Alfredo Ferreira da Silva. O grupo Iron Pets conta ainda com uma Pet Shop em Cucujães e prevê-se que, futuramente, a clínica de Vale de Cambra mude de instalações, mantendo-se na mesma localidade.

Filipe Mendes, médico veterinário e diretor clínico da Iron Pet’s, trabalhava na Cooperativa Agrícola e, em part-time, cuidava de “pequenos animais”. Como o “trabalho começou a ser muito”, viu-se obrigado a sair da Cooperativa para se dedicar a “100% aos pequenos animais”. Assim surgiu a primeira clínica veterinária, um espaço onde, além de se realizarem consultas, análises, cirurgias, vacinas, internamento, banhos e tosquias, domicílios e exames de imagem (serviços externos) é possível encontrar todo o tipo de produtos como medicamentos de uso veterinário, desparasitantes, rações e acessórios (trelas, camas, champôs, brinquedos, etc.). “Aqui tentamos resolver todos os problemas que o cliente tenha, com maior ou menor dificuldade. Somos bastante autónomos em muitas coisas”, referiu Filipe Mendes.

Nas clínicas existe tratamento para todo o tipo de animais, desde os domésticos aos exóticos. “Tratamos de todo o tipo de animais, mas a grande maioria são cães e gatos. Depois aparecem alguns animais exóticos, como tartarugas, pássaros, furões, etc., mas é muito raro”.

Segundo nos informou o empresário, agora com a pandemia, o atendimento é feito exclusivamente por marcação prévia, à exceção das urgências e é apenas permitido um acompanhante por animal. Confessou ainda que as maiores dificuldades em tempo de pandemia têm sido conciliar as marcações com todas as restrições impostas pelo Governo tais como, o novo horário laboral, a limitação de pessoas na clínica, etc.

No total das clínicas emprega 14 colaboradores, excetuando os colaboradores que pontualmente tratam de animais exóticos e realizam consultas/cirurgias de ortopedia e ecografias. “Na ortopedia não somos autónomos, mas temos um colega que vem às nossas instalações fazer as consultas/cirurgias, tal como acontece na ecografia. O mesmo acontece com os animais exóticos, porque não é todos os dias que aparecem”. O responsável confessou ainda que dá preferência a pessoas da terra para trabalhar, mas admitiu que nestas zonas “não existem muitas pessoas formadas na área”.

Filipe Mendes afirma que os objetivos passam por continuar a crescer e deixar as pessoas mais satisfeitas, bem como prestar serviços de qualidade aos ‘amigos de quatro patas’.

A clínica de Arouca está aberta de segunda a sexta feira das 10h às 12h30 e das 14h30 às 20h e aos sábados das 10h às 13h e das 14h30 às 17h30.

A clínica de Vale de Cambra está aberta das 10h às 15h30 e das 15h30 às 20h de segunda a sexta, e aos sábados das 10h às 12h30 e das 14h30 às 18h.

Já a clínica de Oliveira de Azeméis funciona de segunda a sexta das 9h às 20h e aos sábados das 9h às 18h.

Aos domingos e feriados as clínicas estão fechadas, mas funciona o regime de urgências.