FC Arouca vence na deslocação à Covilhã depois de estar em desvantagem no marcador

Sem vencer há quatro jogos, o SC Covilhã, recebia uma equipa arouquense muito motivada pelo ciclo de 3 vitórias consecutivas, nas quais não sofreu golos. A partida começou muito dividida e equilibrada, e nem sempre foi bem jogada na primeira parte, em que se evidenciou o controlo da posse do FC Arouca e por outro lado um jogo mais direto por parte dos leões da serra.


A oportunidade mais flagrante pertenceu mesmo à equipa da Serra da Estrela que mesmo em cima do descanso, viu Victor Braga com uma palmada a negar o golo após um remate de fora de área.


O tempo de descanso parecia ter feito bem aos arouquenses que entraram com uma intensidade superior e com uma evidente vontade de ganhar, mas aos 57 minutos, lance de desentendimento defensivo na baliza arouquense, e Lewis Enoh aproveitou o passe de Wendell para se colocar em vantagem no marcador. Pouco depois, o mesmo Lewis Enoh teve nos pés a oportunidade de alargar o marcador a favor do SC Covilhã.


A emoção estava guardada para os minutos finais, altura em que Armando Evangelista já tinha esgotado as substituições para dar maior pendor ofensivo aos arouquenses. Ao minuto 83, David Santos viria o 2º cartão amarelo e seria consequentemente expulso. No minuto seguinte, e na sequência do livre da expulsão Heliardo à boca da baliza igualou o marcador, e logo no minuto seguinte, Adílio rematou com estrondo ao poste da baliza defendida por Leo Novachio. Até que pouco depois, Mauro Caballero faz o seu primeiro golo com a camisola azul e amarela e carimba a reviravolta.


Com esta vitória, o FC Arouca mantem-se colado ao pelotão que disputa a subida de divisão. Na próxima jornada, os arouquenses recebem a UD Vilafranquense, equipa que tenta fugir aos lugares de despromoção.