Na reunião do Executivo do passado dia 16, a Câmara Municipal de Arouca aprovou por unanimidade o
relatório da Estratégia Local de Habitação, elaborado pela empresa «Valeconsultores».
O documento assume que este se constitui como um “instrumento chave para a melhoria da qualidade de
vida da população, para a qualificação e atratividade do território assim como para a promoção da
sustentabilidade no desenvolvimento urbano”, e vai agora ser submetido à apreciação da Assembleia
Municipal, o que deverá acontecer na sessão ordinária de Abril.
Depois de enquadrar juridicamente a problemática, e feito o diagnóstico atualizado da situação em
Arouca, nomeadamente no que concerne às situações de carência habitacional, quantitativa e qualitativa,
do estado do mercado de habitação, sinalizando desencontros entre oferta e procura, do estado de
conservação do parque habitacional, ocupação e áreas de intervenção prioritárias, o relatório da Estratégia
Local de Habitação evidência as opções estratégicas em função do diagnóstico de carências habitacionais
de acordo com grau de prioridade das soluções habitacionais a implementar em articulação com outras
políticas de habitação em vigor. Para além disso elabora uma estimativa financeira e orçamento de
soluções habitacionais identificadas e enquadramento das potencias fontes de financiamento, assim como
um desenho de um plano de ação em função dos objetivos e recursos disponíveis.
Com a definição da Estratégia Local de Habitação o Município de Arouca “está um passo à frente na
resolução dos problemas habitacionais da população e do desenvolvimento social do concelho, estando
mais apto a mobilizar recursos financeiros para o seu território” – assinala ainda o documento.