O mês de Abril é caraterizado pela Prevenção dos Maus Tratos na Infância e Juventude. Neste seguimento, o edifício da Câmara Municipal de Arouca vai iluminar-se em tons de azul no referido mês, apelando assim à consciencialização dos munícipes acerca das crianças que são vítimas de maus tratos, dentro ou fora do meio familiar. A violência provoca danos irreparáveis e acarreta consigo consequências nefastas para o desenvolvimento das crianças, que se repercutem ao longo do seu percurso existencial. Esta iniciativa pretende chamar atenção sobre esta problemática que afeta inúmeras crianças no mundo, considerando por isso, um dever de cada cidadão sinalizar a existência de maus-tratos.

De salientar que, a prevenção deve começar na família, prolongar-se na escola e constituir uma responsabilidade de toda a sociedade. Ao longo do mês decorrerão também um conjunto de ações de sensibilização, apelando à responsabilidade coletiva para a prevenção e promoção dos direitos das crianças e jovens.

Conhece a «História do Laço Azul»? A «Campanha do Laço Azul» iniciou-se nos EUA em 1989 quando Bonnie W. Finney, como forma de homenagem aos seus dois netos, vítimas de maus tratos, amarrou uma fita azul à antena do seu carro, levando as pessoas a questionar, a atitude da avó. Trata-se da história trágica de uma família, de Virgínia, na qual a neta e o neto foram vítimas de maus tratos, tendo levado o último à morte. A escolha da cor azul tem uma dupla simbologia, por um lado, representa a esperança e, por outro, a cor das lesões. Bonnie W. Finney exibia este lembrete, na sua constante luta na proteção das crianças contra a violência e negligência.

Programa:

– Iluminação do edifício da Câmara Municipal de Arouca durante o mês de Abril

– Ações de sensibilização“ O papel da CPCJ nos maus tratos infantis” à comunidade escolar

– Distribuição de material à comunidade escolar (porta-máscaras, folhetos informativos). CPCJ