Melhor série de vitórias da temporada intromete os arouquenses na luta pela subida

Sem alterações na equipa titular e depois de 3 jogos consecutivos sem conhecer o sabor da derrota, a equipa do FC Arouca venceu facilmente a UD Oliveirense num jogo totalmente controlado pela equipa da casa.


Depois dos deslizes de Académica e Feirense, o Arouca precisava de ganhar para se aproximar do pelotão da frente na luta por um lugar de subida. Face ao contexto, a equipa arouquense entrou forte e logo nos minutos iniciais, André Silva dispôs de uma oportunidade flagrante para abrir o marcador.


A equipa arouquense tinha o controlo total da partida e dominava sem grandes percalços defensivos, enquanto os visitantes demonstravam dificuldades em sair a jogar e limitavam-se a organizar-se defensivamente. Até que à passagem do minuto 33’, André Silva passou para André Bukia, que rematou para o fundo das redes da baliza defendida por Arthur. O Arouca continuou com o total controlo do jogo e foi em busca de ampliar a vantagem, feito que conseguiu concretizar ainda antes do intervalo, ao ver André Silva a fazer um grande cabeceamento depois de um cruzamento de Thales Oleques.


Para o inicio da segunda parte, o técnico visitante operou 3 substituições, mas a equipa não demonstrou grande mudança, pois apesar de ter mais bola, raramente ameaçou a baliza defendida por Victor Braga, que se limitava a ser um mero espectador do encontro.


Por outro lado, o Arouca conseguia criar perigo na grande área adversária, primeiro João Basso e depois Arsénio remataram ao lado da baliza unionista. Já perto do final do encontro, Heliardo, que entrou na segunda parte, veio motivado a continuar a sua série consecutiva a marcar, e por duas vezes rematou para defesa incompleta de Arthur, que na segunda vez viu Adílio surgir na cara e fazer o 3-0 final.


Com este resultado convincente o Arouca fica condicionalmente a apenas 2 pontos do 2º lugar da Liga Portugal Sabseg, partindo para a reta final deste campeonato com o sonho da subida presente.