Teve lugar no dia 23 de março, a 5ª Conferência “Economia Circular e Sustentabilidade”, organizada pela AECA, no âmbito do projeto Master Export (Internacionalização dos setores da Metalomecânica e do Habitat) em formato webinar através da plataforma teams. O evento foi acolhido nas instalações da COLEP, em Vale de Cambra.

A economia circular é vista como um futuro inevitável, dado que os recursos da terra não são ilimitados deixando de ser sustentável a persistência numa economia linear que se baseia em desperdícios. Uma economia circular consiste fundamentalmente em reduzir o desperdício com base na redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais.

Nesta conferência procurou-se refletir o que é a economia circular, a sua origem, até aos planos de ação. Os 3 princípios da economia circular (Regeneração de capital natural, fechar ciclos, perspetiva sistémica), a comparação entre a economia circular e a economia linear, mostrando as desvantagens de uma economia baseada no desperdício (economia linear) e explorando a insustentabilidade na manutenção de economias lineares. Foram abordadas as vantagens de uma economia circular, bem como é que a economia circular está a ser explorada em Portugal, com as medidas tomadas pelos governos e empresas.

Economia Circular é um conceito estratégico que se baseia na redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energia. Substituindo o conceito de fim-de-vida da economia linear, por novos fluxos circulares de reutilização, restauração e renovação, num processo integrado, a economia circular é vista como um elemento chave, para promover a dissociação entre o crescimento económico e o aumento no consumo de recursos, relação até aqui vista como inquebrável.

Carlos Brandão, Presidente da Direção da AECA inicia a sessão, começando por agradecer em primeira instância a participação das várias organizações, representadas nos seus oradores, assim como a todos os presentes via online. Um especial agradecimento à Colep, que acolheu cordialmente o evento, uma empresa associada da AECA e das maiores da região. Desta forma a AECA reforça a ligação aos seus associados e, através do Master Export valoriza as empresas da região. Menção distinta aos Presidentes dos Municípios de Vale de Cambra e Arouca, José Pinheiro e Margarida Belém, respetivamente, pelo envolvimento neste projeto. AECA

Artigo completo na próxima edição impressa