O Festival de Cinema de Arouca abre as inscrições para longas e curtas-metragens da décima nona edição do festival, que se realiza em setembro de 2021. As inscrições devem ser submetidas na nova plataforma do festival https://aroucafilmfestival.com e permanecerão abertas até ao próximo dia 10 de junho.

Para esta edição, o festival lança um site com um novo design, mais visual e intuitivo, pensado para oferecer uma melhor experiência de navegação. “Esta mudança tem o duplo objetivo de melhorar e facilitar a experiência de navegação e abrir espaço para uma proposta de conteúdo mais ampla”, afirma João Rita, diretor do Arouca Film Festival e presidente do Cine Clube de Arouca. Na nova plataforma, os usuários poderão encontrar todas as informações relacionadas com o festival em português, espanhol e inglês, algo “necessário por se tratar de um festival internacional”, afirma João Rita.

Com a apresentação do site, o Arouca Film Festival renova-se para esta nova edição que contará também com a categoria de prémios Filmes Covid-19. Esta secção contempla o reconhecimento dos projetos realizados durante o confinamento e cujo tema é a pandemia durante o Covid-19. Todas as informações sobre as categorias e as prémios estão disponíveis no regulamento que regulará a edição 2021 e que está disponível no site do festival.

A 18ª edição do Arouca Film Festival recebeu mais de 500 filmes de todo o mundo, selecionados para as categorias de ficção, documentário, animação, videoclip e experimental. Adicionalmente, o festival estreou uma secção de longas-metragens dedicada à promoção e divulgação do cinema português e cuja categoria se mantém em vigor até à décima nona edição de 2021.

O Arouca Film Festival – Festival Internacional de Cinema de Arouca, é um dos eventos mais importantes da região e um dos festivais de referência no panorama cinematográfico atual. Reconhecido como um evento único, criativo, dinâmico e inovador, este festival representa o cinema e a cultura portuguesa e tem como objetivo promover e projetar o nome de Portugal pelo mundo.