A Coordenação Concelhia da CDU de Arouca emitiu, no passado dia 29, um comunicado onde falou sobre o serviço de abastecimento de água em Arouca, considerando que “devem ser criadas as condições para que a gestão da Água volte para o Município”. De seguida transcrevemos o comunicado na íntegra.

“Passados vários anos da concessão do serviço de abastecimento de água à “Águas do Norte – Sistema de Águas da Região do Noroeste” podemos constatar um enorme agravamento no custo das tarifas da água, um acréscimo de erros de facturação, a falta de resposta à reclamação dos utentes, deixando bem clara a mentira da suposta superioridade da gestão da “Aguas do Norte” relativamente aos anteriores serviços municipalizados.

A CDU não ignora que estes anos de funcionamento da “Águas do Norte” infernizaram a vida de muitos Arouquenses. Desde o primeiro momento a CDU lutou pela defesa da “Água Pública” tendo expressado a sua oposição à concessão da distribuição de água em baixa e da rede de saneamento.

Como a CDU tem afirmado, e o histórico de semelhantes processos nos ensina, estão criadas condições para poder transformar a água num negócio, podendo originar assim a sua futura privatização (ver o caso da EDP, CTT, etc…). É nesse sentido que a CDU considera que devem ser criadas as condições para que a gestão da Água volte para o Município.

A População de Arouca pode contar com a CDU, como sempre contou, na defesa dos serviços públicos de qualidade bem como nesta luta pela recuperação do serviço público de abastecimento de água, um direito humano da máxima importância”.