Segunda derrota consecutiva para Arouca com 2 partes distintas

Depois do empate a dois em Penafiel, o FC Arouca enfrentou este encontro da 2ª volta apenas com 1 alteração no onze inicial. Sema Velázquez substituiu-o o castigado Brunão.


A partida começou equilibrada com a equipa da casa a controlar a bola e as operações, e sem grande trabalho defensivo, enquanto os durienses se limitavam a controlar defensivamente o encontro, sem conseguir incomodar Victor Braga na primeira parte.


Em contrapartida, os arouquenses tiveram 4 oportunidades de golo, primeiro Basso com um cabeceamento desenquadrado, pouco depois Adílio demorou a rematar e perdeu no duelo com Emanuel Novo, o mesmo Adílio remataria perto do poste, e ainda antes do intervalo, Arsénio assistiu André Silva que chegou tarde e permitiu o corte de Denis.


Na segunda-parte, o Arouca entrou diferente e deixou de conseguir incomodar a baliza duriense, e foi o Penafiel que conseguiu incomodar a baliza da equipa da casa. Primeiro Ronaldo Tavares obrigou Victor Braga a estirar-se e a fazer uma grande defesa. Pouco depois, na sequência de um pontapé de canto executado por Bruno César (ex-Benfica e Sporting), Ronaldo Tavares cabeceou para o golo inaugural e único do encontro.


O Arouca foi em busca de recuperar do prejuízo e viu Heliardo disparar ao lado, num excelente remate à meia-volta, pouco depois, Caballero cabeceou para uma boa intervenção de Emanuel Novo e o mesmo Caballero viria a falhar a bola numa jogada de potencial perigo.


Com esta derrota, a equipa arouquense aumenta para 2 o número de jogos sem pontuar e permite ao GD Chaves recuperar o 5º lugar. Os próximos jogos prometem ser difíceis, com a deslocação ao terreno do FC Vizela e a receção ao CD Feirense.