A empreitada de ligação do Parque de Negócios de Escariz à A32 prossegue a bom ritmo. O Executivo Municipal visitou esta manhã, 23 de fevereiro, a obra, inteirando-se do andamento dos trabalhos.

Neste momento, decorrem obras de arte corrente, obras de arte especiais, obras de contenção, bem como trabalhos de drenagem, terraplanagens e levantamentos arqueológicos. Prevê-se que até final do mês de março, se construam os pilares dos diferentes viadutos.

Recorde-se que a empreitada de ligação do Parque de Negócios de Escariz à A32 foi adjudicada ao Consórcio Ferrovial Agroman, S.A. por 30.410.038 € (trinta milhões quatrocentos e dez mil e trinta e oito euros). O prazo de execução é de 870 dias a contar da data da consignação, que decorreu a 3 de junho de 2020.

Esta empreitada está integrada no Programa de Valorização das Áreas Empresariais, beneficiando, por esta via, o acesso ao litoral por parte das empresas instaladas no Parque de Negócios de Escariz e noutras zonas industriais sediadas na zona poente do concelho.

No âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência que está a ser preparado e que se encontra presentemente em consulta pública, o Executivo Municipal já sinalizou junto do Governo a imperiosa necessidade de este contemplar a 3.ª fase da variante (entre a Ribeira – Tropeço e Escariz), que possibilitará concluir a ligação de Arouca aos grandes eixos rodoviários do litoral. A execução da variante Chão d’Ave (EN 224-1) e Carregosa – Nó da A32 foi outro dos investimentos que o Município solicitou a inclusão no referido plano. CMA