Este foi um dos três concelhos da região do Tâmega e Sousa a registar um aumento.

A Direção-Geral da Saúde atualizou, esta segunda-feira, dia 8 de fevereiro, os dados por concelho relativos à COVID-19, utilizando como base a incidência por 100 mil habitantes, metodologia adotada nos últimos meses para divulgar este tipo de dados.

De acordo com os dados divulgados, Castelo de Paiva apresenta uma incidência cumulativa a 14 dias de 1.229 casos por 100 mil habitantes.
Com este valor, o concelho apresenta um aumento na incidência em relação à semana passada, uma vez que, no relatório anterior, o valor era de 1.029. O concelho mantém-se, desta forma, no risco de contágio “Extremamente Elevado”.

Refira-se que o concelho tem, de acordo com dados de dezembro de 2019, um total de 15.454 habitantes. Os dados apresentados correspondem ao intervalo de 20 de janeiro a 2 de fevereiro.

A classificação de risco é realizada de acordo com as categorias utilizadas pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças, tendo por base a incidência de 240 casos por 100 mil habitantes.