Segunda vitória consecutiva dos arouquenses dita primeira derrota da era José Mota.

Sem alterações no onze inicial, o Arouca visitou e venceu o Leixões SC por 0-1. O primeiro ataque do encontro até foi da equipa da casa, mas o Arouca respondeu com um belo remate de André Silva a obrigar o guardião Beto a uma defesa espetacular para canto.


Ao minuto 15’, Pedro Moreira joga em Arsénio que de pé direito dispara um remate indefensável. Com este golaço, o reforço de inverno eleva para 3, o número de encontros consecutivos a marcar com a camisola do FC Arouca. Logo de seguida, o guardião ofereceu a bola a Adílio que não conseguiu aproveitar para dilatar o marcador, e poucos minutos depois, assistido por Pedro Moreira, Ofori errou o esférico.


A primeira metade do encontro terminou com o Leixões a criar perigo à baliza defendida por Victor Braga. Num contra ataque rápido, Avto tenta picar a bola, e o guardião do Arouca defende de forma incompleta, mas Thales atento tira a bola da zona de perigo. E nos minutos finais da partida, num lance de bola parada, Brendon obrigou Victor Braga a estirar-se e ver a bola embater na trave da baliza arouquense.


Era de esperar que o Leixões entrasse na segunda parte em busca de igualar o marcador, mas o Arouca acabou por dominar e controlar a partida, sendo que os visitados não tiveram oportunidades dignas de golo. A falta de ideias dos leixonenses e a pressão e coesão da equipa visitante, viu ainda Quaresma testar os reflexos de Beto e Bukia, nos instantes finais do encontro, a obrigar Beto a mais uma defesa espetacular.


Com este resultado, o Leixões conhece novamente o sabor da derrota após 7 jogos invicto, enquanto que o Arouca mantem-se no 6º lugar com 30 pontos e em igualdade pontual com o GD Chaves, e a apenas 9 pontos do líder da competição. Na próxima jornada, o emblema arouquense recebe o lanterna vermelha, Varzim SC, em jogo agendado para o próximo sábado (13/02) às 15:00