O Tribunal Central Administrativo Sul (TCAS) deu razão à Federação Portuguesa de Futebol no caso das subidas do Arouca e Vizela à Liga 2, na sequência da paragem do Campeonato de Portugal 2019/2020 devido à Covid-19.

O Tribunal Arbitral do Desporto já havia dado razão à decisão da FPF – promover as duas equipas com mais pontos nas quatro séries do Campeonato de Portugal -, mas o Olhanense, um dos clubes que entendeu ter sido prejudicado pela decisão, recorreu para os tribunais civis.

O TCAS voltou a decidir favoravelmente àquele que foi o entendimento dos responsáveis federativos e, embora a decisão ainda seja passível de recurso para o Supremo, na Federação Portuguesa de Futebol o caso é visto como estando praticamente resolvido.