O Comando Territorial de Aveiro, através do Posto Territorial de Cucujães, encerrou no passado domingo, dia 24 de janeiro, um estabelecimento de bebidas que estava a funcionar ilegalmente com 30 pessoas no seu interior, na localidade de Cucujães, concelho de Oliveira de Azeméis.

No decorrer de uma ação de policiamento, os militares da Guarda depararam-se com algum ruído proveniente do interior de uma residência. Após diligências policiais, foi possível verificar que no interior dessa residência funcionava ilegalmente um estabelecimento de bebidas com clientes no interior.

A proprietária do estabelecimento, uma mulher de 42 anos, foi constituída arguida, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Oliveira de Azeméis.

Perante o incumprimento ao dever geral de recolhimento domiciliário, foram também elaborados 30 autos de contraordenação às 30 pessoas presentes no local.

A ação contou com o reforço dos Postos Territoriais de Cesar e de Oliveira de Azeméis.

A GNR recorda que, de acordo com as medidas impostas pelo estado de emergência face à evolução da situação epidemiológica do país, encontram-se encerradas as instalações e estabelecimentos como discotecas, bares, salões de dança ou de festa.