Desatenção defensiva amplia a série sem vencer do FC Arouca

Depois das derrotas frente a Vilafranquense e Académica, o FC Arouca deslocava-se até Pina Manique à procura de inverter a tendência e à procura dos 3 pontos.
Com Aloé, a substituir o castigado Brunão e Heliardo no onze inicial do FC Arouca, a partida começou com ritmo baixo, mas com os casapianos por cima e a conseguir incomodar a baliza defendida por Victor Braga, primeiro com um corte de Aloé a colocar à prova os reflexos do guardião arouquense e à passagem do minuto 28’, Malik a rematar ao lado.
Do outro lado estava um Arouca que não conseguia encontrar espaços para ganhar metros aos “Gansos”, não causando grande incomodo à defensiva do Casa Pia AC na primeira parte do encontro, onde a equipa visitada através de pressão alta condicionava o jogo arouquense.
A segunda-parte começou diferente, com o Arouca a querer assumir o controlo do encontro, e num lance em que desistir não fez parte dos planos, Leandro Silva recuperou uma bola que parecia perdida junto à linha lateral, cruzou para Pedro Moreira que assistiu Baptiste Aloé para o 1º golo do encontro, naquela que foi a estreia a titular do defesa central francês.
A equipa arouquense via-se assim premiada com o primeiro tento do encontro, mas numa jogada de alguma falta de atenção defensiva, João Basso fez um passe de risco para Victor Braga, que pressionado por Malik deu a bola para os pés dos atacantes do Casa Pia AC que não se fizeram de rugados e empataram o encontro.
Armando Evangelista não esperou e lançou Arsénio e André Silva no encontro, tentando agitar o ataque, num jogo que se partiu e viu André Silva desperdiçar um cabeceamento em zona frontal e Leandro Silva já na reta final rematar por cima da baliza defendida por Ricardo Baptista.
Divisão pontual no Estádio Pina Manique, numa jornada em que Chaves, Penafiel e Feirense perderam pontos. Desta forma, o emblema arouquense perde a oportunidade de ficar mais próximo do trio da frente.