Instada a pronunciar-se pelo Juízo de Comércio de Oliveira de Azeméis do Tribunal Judicial da Comarca de Aveiro, no âmbito de um processo relativo à proposta do Plano de Insolvência apresentado pelo Futebol Clube de Arouca , SDUQ Lda, a Câmara Municipal de Arouca, reunida no dia 5 de janeiro de 2021, deliberou por unanimidade a manutenção da atividade do Clube face à apresentação de um Plano de Insolvência com vista à sua recuperação. De referir que a autarquia arouquense é credora do clube.

O Executivo arouquense, de acordo com as indicações do referido tribunal, poderia optar por esta solução ou então pela liquidação do clube, com a consequente extinção.

De referir que o Arouca, que disputa a II Liga portuguesa de futebol, viu recentemente rejeitado o Processo Especial de Revitalização (PER), tendo então decidido avançar com o referido plano de insolvência depois da sentença publicada do Tribunal da Comarca de Aveiro, conhecida em 11 de novembro de 2020. O Clube tinha desde então trinta dias.