O Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga (CHEDV) passa a contar, a partir de agora, com uma Ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV), no Hospital de S. Miguel em Oliveira de Azeméis, que irá reforçar a assistência pré-hospitalar às vítimas de acidentes e doença súbita nesta região.

A primeira activação ocorreu na manhã desta segunda-feira, dia 28 de dezembro, na presença do presidente do Conselho de Administração do CHEDV, Miguel Paiva, do presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Joaquim Jorge, e do presidente do INEM, Luís Meira.

A Ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) ficará sediada no Serviço de Urgência Básico do Hospital São Miguel e vai funcionar segundo um modelo de gestão integrada, que prevê a partilha de recursos humanos entre o INEM e o CHEDV. Na prática, para além do técnico de emergência pré-hospitalar que pertence aos quadros do INEM, os enfermeiros que completam a tripulação das ambulâncias SIV foram recrutados de entre os quadros das duas instituições.

Para o presidente do Conselho de Administração do CHEDV, Miguel Paiva: “Hoje foi um dia feliz para nós porque cumprimos um objectivo, este meio de emergência pré-hospitalar vem reforçar a nossa capacidade de responder às necessidades de uma vasta região, que tem uma rede viária extensa, o que origina muitos acidentes rodoviários, muita indústria, e por isso, muitos acidentes de trabalho, para além de todos os problemas de saúde de origem diversa a que todos os dias temos de acorrer. A SIV, complementada com a resposta que já oferecemos na emergência pré-hospitalar, com a VMER, irá permitir que esta população se possa sentir ainda mais segura pelos meios que o Serviço Nacional de Saúde disponibiliza”.

As Ambulâncias SIV do INEM são tripuladas por um Enfermeiro e um Técnico de Emergência Pré-Hospitalar (TEPH) e têm por missão garantir cuidados de saúde diferenciados de Suporte Imediato de Vida (SIV), designadamente manobras de reanimação, até estar disponível uma equipa com capacidade de prestação de Suporte Avançado de Vida (SAV).

Para além da carga normal de qualquer Ambulância de Emergência Médica, a Ambulância SIV está ainda equipada com um monitor-desfibrilhador e diversos fármacos, que permitem intervenções diferenciadas através da aplicação de protocolos médicos de atuação. O equipamento SIV permite ainda a transmissão de eletrocardiogramas e sinais vitais, permitindo assim que o Médico em serviço no Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) do INEM possa aconselhar corretamente a equipa e encaminhar a vítima para a Unidade Hospitalar mais adequada.