Vale de Cambra seria o palco dos campeonatos nacionais de corta-mato deste ano. Com data marcada para 13 de dezembro, a prova foi adiada para março de 2021, visto que o concelho está incluído na lista dos 121 em confinamento parcial devido à Covid-19.

A situação, de acordo com os promotores, “condiciona bastante a preparação de um evento desta natureza” e, perante a evolução da pandemia de covid-19 nas últimas semanas, “torna-se impossível garantir a realização da competição”.

Segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS), as atuais regras de confinamento preveem a realização da atividade de atletas seniores, mas não autorizam a realização das competições nos restantes escalões, bem como eventos desportivos com largo espetro de participação.

Os campeonatos nacionais de corta-mato têm um caráter abrangente no que toca aos escalões etários dos participantes, masculinos e femininos, e, por norma, juntam no mesmo local mais de um milhar de atletas, técnicos e dirigentes.

A prova, que seria a primeira competição nacional desta temporada de atletismo, fica agora prevista para março de 2021, mantendo-se o local indicado para a sua realização, o Parque Municipal Dr. Eduardo Coelho, em Vale de Cambra. DD/Lusa