Na sequência de diligências várias que o Município de Arouca tem vindo a desenvolver relacionados com problemas de faturação, irão ser auditados os contadores de água de todos os clientes. Esta ação, da responsabilidade das Águas do Norte, surge por solicitação da Câmara Municipal de Arouca, sustentada nas reclamações que os munícipes têm feito chegar à autarquia.

A esse propósito, os serviços municipais têm vindo igualmente a prestar apoio aos munícipes na articulação com as Águas do Norte, nomeadamente, no que diz respeito a reclamações de faturação. Espera-se que este processo de auditoria esteja concluído até final do mês de novembro.

Em curso está também a avaliação dos serviços de abastecimento de água e saneamento, encomendada pela Câmara Municipal de Arouca a consultor externo e que visa validar se os pressupostos e objetivos que suportaram a decisão de adesão à parceria “Sistema de Águas da Região do Noroeste”, gerida pelas Águas do Norte, estão a ser cumpridos, nomeadamente no que diz respeito ao investimento para expansão das redes de água e de saneamento.

Ainda esta semana, a Presidente da Câmara, Margarida Belém, irá reunir com o presidente da ERSAR – Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos, Orlando Borges. “Espero que esta reunião possa contribuir para colocar termo a esta situação de injustiça e desigualdade no acesso a um bem essencial a todos: a água”, afirmou a Presidente da Câmara, que já manifestou disponibilidade para o Município denunciar o acordo de parceria existente, se essa for a opção que melhor sirva os interesses de todos os arouquenses. CMA