Por deliberação tomada por maioria na reunião do passado dia 7, a Câmara Municipal de Arouca vai lançar um concurso para a adjudicação da prestação de serviços de recolha e transporte de resíduos urbanos, limpeza urbana e lavagem, desinfeção e manutenção de contentores.

As prestações dos referidos serviços foram fixadas em trezentos e trinta e um mil e vinte cêntimos (preço base), sendo também adotado as formalidades respeitantes ao procedimento de um concurso público.

Esta decisão teve uma declaração de voto (abstenção) dos Vereadores do PSD, Vítor Carvalho e Fernando Mendes. Esta refere que “esta contratação de serviços tem por base os pressupostos dos contratos anteriores com as necessárias alterações em termos de quantidades previstas e uma vez que em nosso entender o Município de Arouca deveria projetar-se como um Município amigo do Ambiente, com a implementação de políticas diferenciadoras de recolha seletiva e de compostagem, com implicações claras nos valores pagos anualmente pelo Município.”

Na sequência, a Presidente da Câmara, Margarida Belém apresentou também uma declaração, onde salienta que a Câmara tem “um contrato que temos de respeitar com a ERSUC, entidade que não tem atualmente condições para acolher a recolha seletiva. Entretanto estamos a desenvolver projetos piloto e a pressionar a entidade para que se adapte e crie as condições para que tal seja possível.”